Home / Carreiras / Recrutamento e Seleção / Programa Trainee

Programa
Trainee

O Programa Trainee BTG Pactual vem sendo aprimorado a cada ano e se consolidou com grande relevância e destaque dentro da Instituição, já tendo revelado muitos jovens profissionais de alto potencial.

O processo seletivo é rigoroso e tem como objetivo contratar jovens talentos que possam formar a futura geração de líderes do Banco. Podem se candidatar ao programa tanto os profissionais brasileiros quanto estrangeiros formados nos cursos de Administração, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Matemática, Engenharias e demais ciências exatas e de tecnologia com formação entre junho de 2011 e dezembro de 2013. É necessário ter Inglês e Português fluentes. O processo seletivo inclui provas online, além de dinâmicas de grupo e entrevistas com RH e sócios da instituição. As vagas são para os escritórios do BTG Pactual nas capitais São Paulo e Rio de Janeiro.

O programa terá duração de um ano e durante este período, os trainees passarão por treinamentos, poderão trocar experiências profissionais com os sócios do BTG Pactual e realizarão job rotations por áreas de BackOffice do Banco.

Os trainees têm grande exposição dentro do Banco, sendo acompanhados de perto pelos Gestores das áreas que os recepcionam e pelo time de Recursos Humanos.

Todos os trainees serão avaliados periodicamente, podendo ser efetivados ao final do programa, de acordo com a disponibilidade de vagas e o desempenho de cada um.

Se você atende ao perfil descrito e se identifica com a nossa cultura, inscreva-se.

Conheça mais sobre o Programa Trainee BTG Pactual - Selecionamos alguns dos trainees de anos anteriores para falar sobre o processo de seleção e sobre suas experiências no Banco.

 

Rodrigo Sonnewend

O primeiro deles, Rodrigo Sonnewend, 26 anos, é formado em Economia pela USP e em Direito pela FGV. Entrou no BTG Pactual através do Programa Trainee em 2010. Durante seu ano de job rotation, Rodrigo realizou diversas atividades, entre elas a liquidação de produtos de renda fixa, auxílio às equipes de estruturação de dívida, controle das garantias de operações vigentes, etc. Atualmente está alocado na área de Asset Management, como analista de renda fixa.

Ele escolheu o Programa Trainee BTG Pactual por acreditar no crescimento do Banco a longo prazo e valorizar a cultura meritocrática e empreendedora existente na instituição. Para o processo, Rodrigo se preparou através da leitura de jornais e matérias relacionadas a finanças, política e economia. Além disso, fez um trabalho de conhecimento pessoal sobre sua vocação e objetivos profissionais, procurando relacionar como o trabalho no Banco poderia ajudá-lo a alcançar suas metas.

Sobre o processo, ele conta: “O maior desafio para a admissão foi a fase de entrevistas, na qual conversei com sócios do Banco. Foi fundamental demonstrar que possuía o perfil da instituição, raciocínio estruturado e flexibilidade para argumentar de forma lógica quando questionado sobre algo.”

Francisco Camargo

Francisco Carmargo, 25 anos, é graduado em Finanças pela Butler University (Indiana - EUA). Participante da turma de trainees de 2011, está atualmente na área de Finance do Banco, onde elabora relatórios, tanto internos, para ajudar os gestores na tomada de decisões, auxiliando-os a melhor entender a estrutura de receita, despesas e balanço, como externos, para comunicar os resultados do Banco ao mercado.

Nascido no Brasil, Francisco morou nos EUA a maior parte de sua vida. Após terminar a faculdade, retornou ao pais de origem e viu no BTG Pactual a oportunidade de trabalhar em uma instituição de credibilidade e com modelo de negócio alinhado ao seu espírito empreendedor. O programa de trainee foi uma opção natural, pois o possibilitou obter uma base sólida, através da vivência em diversas áreas, para assim construir uma carreira de longo prazo na instituição.

Durante o seu ano como trainee, Francisco manteve a mente aberta, buscando compreender o trabalho do Banco como um todo, não se preocupando apenas na ideia de ser contratado para uma área específica. Em vez disso, aproveitou o período de job rotation para concentrar-se naquilo que julgava importante apreender de cada atividade exercida e conhecendo melhor seus próprios objetivos e ambições. Para ele, esse período foi o mais desafiador, pois o colocava frente a vários profissionais, estabelecendo assim relações com pessoas de diferentes backgrounds. Sobre o desafio, Francisco diz: “Isso me ajudou na minha posição atual, pois tenho uma compreensão não só do que cada área faz, mas da responsabilidade de cada uma, e como elas contribuem para o Banco como um todo.”.

Carolina Abreu

Encerrando a nossa série com depoimentos dos trainees BTG Pactual, apresentamos Carolina Abreu, 24 anos, formada em Economia pela Universidade Federal Fluminense.

Desde a época de faculdade, Carolina já desejava atuar no mercado financeiro. Durante o processo de seleção, ela se identificou com a cultura do BTG Pactual e enxergou na posição de trainee a oportunidade para entender os negócios do Banco de uma forma abrangente.

Carolina iniciou seu plano de Job Rotation na área de Finance, mais especificamente em Capital Regulatório trabalhando com índice Basileia. Na posição, ela pode conhecer de forma consolidada as principais operações do Banco, sendo a ponte com as áreas de trading. Em seguida, foi alocada na área de Renda Fixa Internacional, tendo interface com os escritórios internacionais e lidando com as contrapartes de diversos países. Sua terceira rotação foi na área de Precificação, dentro de Asset Management, onde lidava com renda fixa. Carolina avalia esta como a melhor experiência, pois tinha afinidade com o assunto e já possuía certa vivência no Banco, podendo assim absorver e colaborar mais. Atualmente, está alocada na mesa proprietária de juros do Banco.

Cronograma

Cronograma 2014